Warning: strtotime(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/laborato/public_html/cake/basics.php on line 1052
Warning (2): strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. [CORE/cake/basics.php, line 1052]
Warning (2): date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. [CORE/app/app_controller.php, line 30]
Warning (2): session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/cake/libs/session.php, line 154]
Warning (2): session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/cake/libs/session.php, line 154]
Warning (2): Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/cake/libs/session.php, line 155]
Warning (2): Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/app/views/layouts/default.thtml, line 3]
Warning (2): Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/app/views/layouts/default.thtml, line 4]
Warning (2): Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/app/views/layouts/default.thtml, line 5]
Warning (2): Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/laborato/public_html/cake/basics.php:1052) [CORE/app/views/layouts/default.thtml, line 6]
HERPES 1e 2 - Anticorpos IgM - Exames - Rocha Laboratório Total - Patologia, Análises Clínicas, Biologia Molecular e Centro de Referência em Imunizações

Laboratório Rocha

Rocha Online

Código: HER1M

Nome: HERPES 1e 2 - Anticorpos IgM

Material: soro

Volume: 1.0mL

Método: ELISA

Volume Laboratorial: 1.0mL

Rotina: Diária

Resultado em: 24h

Temp.: Sob refrigeração

Coleta: Jejum necessário. Se o exame não for realizado no mesmo dia congelar a amostra.

Interpretação: Uso: diagnóstico de herpes tipo 1 e 2. ( tipo 1 ; face e tronco e tipo 2 infecções da genitália, porém ambos podem infectar qualquer área da pele ou das mucosas).Aproximadamente 85% dos adultos apresentam evidência sorológica de infecções por herpes simples do tipo 1 (SV-1), mais freqüentemente adquiridas assintomaticamente durante a infância. Ocasionalmente, infecções primárias podem se manifestar como uma gengivoestomatite severa. A seguir, o indivíduo pode apresentar surtos recorrentes autolimitados, provocados pela exposição à luz solar, por cirurgia orofacial, por febre ou uma infecção viral. As infecções pelo herpes simples vírus apresentam-se como desafios, cada vez maiores, para diversas áreas da medicina, por serem dotadas de várias peculiariedades. Dentre elas, citam-se a capacidade do vírus permanecer em latência por longos períodos de tempo, podendo sofrer reativação periódica, gerando doença clínica ou sub-clínica. O herpes simples vírus é comumente associado a lesões de membranas mucosas e pele, ao redor da cavidade oral (herpes orolabial) e da genitália (herpes anogenital). O vírus do herpes simples determina quadros variáveis benignos ou graves. Há dois tipos de vírus: o tipo-1, responsável por infecções na face e tronco, e o tipo-2, relacionado às infecções na genitália e de transmissão geralmente sexual. Entretanto, ambos os vírus podem infectar qualquer área da pele ou das mucosas. As manifestações clínicas são distintas e relacionadas, ao estado imunológico do hospedeiro. A primo-infecção herpética é, em geral, sub-clínica e passa despercebida; o indivíduo torna-se portador do vírus sem apresentar sintomas. Em pequena porcentagem de indivíduos, a infecção é grave e prolongada, perdurando por algumas semanas. Após a infecção primária, o vírus pode ficar em estado de latência em gânglios de nervos cranianos ou da medula. Quando reativado por várias causas, o vírus migra através de nervo periférico, retorna à pele ou mucosa e produz a erupção do herpes simples recidivante. O esfregaço de Tzank (de vesícula) é positivo para células epiteliais gigantes multinucleadas. Os testes imunoenzimáticos para pesquisa de anticorpos IgG e IgM são mais sensíveis e diferenciam a fase crônica da aguda.

Referência: Não reagente : < 0,75
Inconclusivo : 0,75 a 1,25
Reagente : > 1,25

Voltar
desenvolvimento Burn web.studio